Arquivo - Categoria: crônica

Como São Paulo matou suas cantinas

  Quando eu era pequeno demais para me lembrar das coisas com clareza, minha família frequentava uma cantina no Largo da Concórdia. A cercania já não era propriamente bucólica, mas estava longe da distopia urbana que é o Brás atual. O restaurante ficava em uma casa antiga, com chão de ladrilho hidráulico e pé-direito alto(…)

Os 7 pecados do hambúrguer paulistano

São Paulo é um ótimo lugar para se comer hambúrguer. Já era assim antes de algum proto-hipster pronunciar a palavra “artesanal” pela primeira vez. Assim como nos restaurantes japoneses e nas pizzarias, a oferta de hambúrguer aqui é generosa e muito diversa. Há coisas fabulosas e há picaretagem. E há vícios que contaminam o que(…)

Arroz com feijão na ceia pode? Pode!

Quando publiquei em meu Facebook pessoal o post sobre os 7 desastres que podem arruinar a ceia, uma amiga comentou (a respeito do caráter seco das comidas natalinas): “Acho que falta feijão para dar a liga.” Minha resposta: “Concordo, mas preciso pagar de gourmet em público.” Na realidade, uma vez eu convenci minha mãe a(…)